Encontro de Casais com Cristo: nosso “GPS”!

Quando participei do ECC – Encontro de Casais com Cristo – compareci sem entender por que dissera sim ao convite e sem consultar a esposa, para surpresa e descrença dela, e depois, felicidade. Iniciei a noite de sexta feira com a intenção de não retornar no sábado, com alguma cumplicidade conjugal, imaginando darmos desculpas tais como um de nós ficou doente ou os filhos pequenos sentiram nossa falta. Sábado retornamos, com a esposa feliz e não mais querendo ser cúmplice em mentira para acobertar abandono. Iniciei o dia pensando na estratégia para fugir e antes que a noite chegasse me flagrei entusiasmado a permanecer.

Foi a primeira vez que percebi que sou plenamente livre para realizar minha vontade e plenamente realizado quando a convirjo à vontade de Cristo. Ele me venceu e Sua vitória me proporcionou ganhar ao saber como viver para vir a ser vencedor. São percepções crescentes conforme o encontro aparentava ter ficado no passado e eu continuava “sempre encontrando” e encontrado por Cristo. Aos 33 anos de idade comecei a aprender que, parecendo durar um fim de semana, o encontro eternamente gestado por Ele é para todos que O queiram por companhia constante.

Por ser Cristo o Caminho não cabem desvios e atalhos. Caminhantes trôpegos, geralmente, caindo em algumas das tentações que todos temos, experimentamos desvios e atalhos desnecessários e perigosos para caminho alternativo, fácil de entrar, difícil de sair, com atrativos mais efêmeros e ilusórios que reais, que cedo ou tarde não esconderão que conduzem a túnel sem luz no fim: quantos caminhantes desperdiçam parte ou toda a vida, enquanto convidados todos a entrar ou retornar e permanecer no Caminho, com passos firmes, francos e felizes; quantos escolhem recusar o convite ou não conseguem…

A partir dos passos na ponte ECC, aprendemos, permanecendo aprendizes, ensinando mais com testemunho que discurso, ora ajudados, ora ajudando. Ao lado de outras pontes, na diversidade que faz a unidade, o ECC facilita o trânsito pelo Caminho: a Sua Igreja, que somos nós, unidos, organizados e compromissados, cuida, orienta e acompanha.

A família é a igreja doméstica e está no âmago da ponte ECC. Igrejas domésticas de uma ou duas quadras formam o Micro Setor (“capelinhas”); os Micro Setores de uma pequena região formam Comunidade; as Comunidades de uma região maior fazem a igreja local ou Paróquia; as Paróquias de uma grande região formam o Setor Pastoral; os Setores Pastorais formam a igreja particular ou Diocese (Arquidiocese, caso de  capitais e grandes cidades); todas as igrejas particulares ou (Arqui)Dioceses do mundo formam a Igreja universal ou Igreja Católica.

Diz-se particular porque parte da Igreja Católica vista como um todo, em plena comunhão com Roma: esta, inseparável dos dois mil anos da Igreja de Cristo. A expressão Católica não é “placa de igreja”: catolicidade é essência do Cristianismo (Mc 16, 15). Católica, do grego (katholikos): universal, para todos (o que inclui os seus hipócritas, equivocados, acomodados e descontentes; bem como seus dissidentes, críticos, detratores e não crentes).

A Igreja é Santa! Sua porção terrena, que teve começo e terá fim, é para todos os falíveis e limitados que, apesar de pecadores, escolherem viver tentando se santificar; a fé cristã diz que quem alcançar ser conforme imagem ou caráter de Cristo terá parte com Ele.

O ECC é serviço paroquial, mas, você notou até onde os frutos nele plantados e dele colhidos podem chegar?

Se for convidado a participar faça o possível para aceitar, com marido ou esposa. Poderá ser a aceitação de mais uma das sinalizações que, mesmo não imediatamente entendidas, propiciarão sair de desvios e atalhos e entrar ou fortalecer no Caminho. Apesar dos buracos, desmoronamentos e imprudências ao longo da viagem à qual chamamos vida, como errar ou sair do Caminho tendo Jesus como “GPS” (Guia Para Sempre)?

José Carlos de Oliveira

Publicado originalmente em 31 de agosto de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *